All for Joomla All for Webmasters

3 dicas infalíveis para criar um chatbot inteligente e humanizado

Menino sentado em um notebook conversando com um chatbot

3 dicas infalíveis para criar um chatbot inteligente e humanizado

Menino sentado em um notebook conversando com um chatbot

Você já entrou em um site e automaticamente o atendente apareceu através do chat para oferecer ajuda? Já entrou em uma página do Facebook e iniciou uma conversa pelo chat que te respondeu rapidamente? Se a resposta é sim, então você já se deparou com um chatbot, robô programado para conversar. O chatbot costuma ser usado para várias finalidades: atendimento ao cliente, comunicação interna da empresa, assistente pessoal ou até como coletor de dados.

O uso desses robôs diminui o tempo de espera para um usuário com dúvidas, já que a inteligência artificial responde de forma rápida e correta. Assim, você otimiza o seu atendimento e o cliente fica satisfeito! Mas como você pode criar um chatbot para sua empresa? Neste artigo você verá como criar um chatbot eficaz, por meio de um bom planejamento estratégico.

Existem várias formas de criar um chatbot. A Viper IT faz todo esse processo de criação e instalação para você. Mas, antes disso, é importante personalizar a ferramenta para que ela atenda a necessidade e, principalmente, alcance o objetivo final. É sobre isso que vamos falar agora.  

Planejando seu chatbot

Tudo começa no planejamento! O chatbot precisa ser programado, então você pode criar regras de perguntas e respostas, permitindo que ele atenda aos chamados de forma mais humanizada. Nessa etapa, tenha em mente as seguintes questões:

  • O que você quer que seu chatbot faça? Ele pode responder perguntas e até acessar dados, você que decide.
  • Quais objetivos seu chatbot deve alcançar? As funções variadas trazem objetivos variados, então é importante traçar bem esse detalhe.
  • Qual a linguagem que seu chatbot deve usar? Dependendo do contexto, a linguagem pode ser informal, formal ou até técnica.

Essas características devem estar decididas antes de começar o desenvolvimento do chatbot, proporcionando a melhor experiência possível para o usuário.

Como o chatbot deve reagir a emoções negativas

Geralmente, os consumidores entram em contato com a empresa para tirar dúvidas ou fazer reclamações. Nesses momentos, o cliente já está nervoso e pode ficar irritado ao se deparar com um robô. Portanto, é preciso que a inteligência artificial do bot seja programada para reagir a sentimentos negativos com empatia e paciência. Dessa forma, o cliente vai sentir que apesar de estar falando com um robô, a conversa flui e as dúvidas estão sendo sanadas. O importante é satisfazer o cliente. Humanizar é algo imprescindível na criação dos chatbots.

ChatBot ou chatobot? Não seja chato!

Seu robô precisa notar quando está repetindo a informação ou quando o usuário está perguntando as mesmas coisas. Ele pode oferecer alguma alternativa, como reiniciar a conversa ou pedir que o usuário faça outra pergunta.

Mais um ponto desconfortável para o cliente é quando o chatbot esquece informações básicas, como o seu nome ou algum outro dado importante. Por isso, integrar o chatbot com o CRM da empresa pode ser uma ótima estratégia, e assim o robô consegue personalizar as mensagens.

Com essas três dicas em prática o seu chatbot vai trazer grandes resultados! Se interessou em adicionar a ferramenta na estratégia da empresa? A Viper IT é especialista na criação, instalação e manutenção de chatbots personalizados. Entre em contato conosco e tire suas dúvidas!

Chatbot conheça 4 formas de integrá-lo ao seu negócio por meio das redes sociais Três formas de usar o chatbot na sua empresa Cuidado: Você pode estar perdendo clientes. Saiba como atender seus clientes 24 horas por dia. Chatbot – Transformação Digital nas Relações de Consumo